Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > COEX > Balé Popular da UFPB
conteúdo

Notícias

Balé Popular da UFPB

Dança e tradições populares nos palcos da Extensão
publicado: 15/05/2020 18h42, última modificação: 15/05/2020 20h59
Exibir carrossel de imagens Balé popular apresentando o espetáculo Floreô no Teatro Lima Penante - Setembro de 2017. Foto: PROEX

Balé popular apresentando o espetáculo Floreô no Teatro Lima Penante - Setembro de 2017. Foto: PROEX

Balé Popular da UFPB: dança a cultura popular nordestina

Histórias, costumes e ritmos tipicamente nordestinos. Essa é a proposta do Balé Popular da Universidade Federal da Paraíba, grupo que há 25 anos apresenta espetáculos com o objetivo de divulgar a cultura popular através da dança. O Balé Popular é um projeto de extensão vinculado à Coordenação de Extensão Cultural (COEX)). Desde 1995 a direção geral do projeto é de responsabilidade do coreógrafo Maurício Germano. 

Para que o projeto possa ser desenvolvido, o Núcleo de Teatro Universitário, localizado no Centro da cidade de João Pessoa, é um importante espaço. “O NTU é a nossa casa. Lá estão as nossas salas de aula, onde fazemos ensaios. Além do Teatro Lima Penante, onde fazemos nossas apresentações e temporadas”, conta o coreógrafo Germano.

O Balé Popular da UFPB é aberto para toda a comunidade, inclusive para pessoas sem conhecimento técnico da dança. O projeto promove anualmente uma oficina gratuita de dança popular e, através dela, seleciona pessoas interessadas em participar do projeto durante a temporada.

Um dos dançarinos do Balé Popular é João Victor da Paz, de 21 anos. Morador de Lucena, o jovem encontrou dificuldades no início, principalmente em razão da distância que percorria para participar dos ensaios. “Comecei numa oficina e acabei ficando. O grupo e a forma como se aprende sobre dança me conquistou. Primeiro fiz uma participação no espetáculo ‘Loas e Luas’, em 2014, e hoje sou protagonista do espetáculo ‘Avá!’”, conta o agora bailarino.

Apresentação do espetáculo Avá! - Imagem cedida pelo Balé Popular

Os espetáculos do Balé Popular da UFPB trazem elementos da cultura popular para os palcos,  Maria Bonita e Iemanjá, por exemplo, são referências já retratadas em espetáculos. O trabalho já teve reconhecimento a nível nacional e conquistou vários prêmios, dentre eles o  de melhor espetáculo de Dança na 16ª Mostra Estadual de Teatro, Dança e Circo da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc).

Além do reconhecimento no meio artístico, o projeto de extensão desenvolve um papel social ao promover a cultura local e utilizar a dança como um meio de inclusão. Esse é um ponto destacado pelo dançarino João Victor: “É um projeto importante para mim, por todas as oportunidades que se abrem pra uma pessoa como eu. Moro muito longe, não tenho condições de pagar um curso de dança. Mas tenho isso no Balé Popular e com uma visão profissional, que me faz sentir valorizado de uma forma que nunca fui. Me trouxe um ânimo de querer me profissionalizar e estudar cada vez mais a dança”.

O trabalho do Balé Popular da UFPB agora pode ser visto também nas plataformas virtuais, pois algumas apresentações do grupo estão disponíveis no YouTube do projeto. Um dos espetáculos on-line é Floreô. Sobre o oespetáculo, o coreógrafo Maurício Germano revela: “Floreô é um dos nossos espetáculos mais emblemáticos. Dançamos poemas, embaladas, Coco de rodas e cirandas de artistas como Jessier Quirino, Selma do Coco e as Calungas”.

Apresentação do espetáculo Floreô - Imagem cedida pelo Balé Popular

 

Por Ana Lívia Macêdo - Bolsista PROEX (2020)