Você está aqui: Página Inicial > Contents > Notícias > PRAC > Novas mídias para a Extensão
conteúdo

Notícias

Novas mídias para a Extensão

Ações da UFPB atuam criando podcasts e alcançam novos públicos
publicado: 01/10/2020 17h13, última modificação: 01/10/2020 18h42
Exibir carrossel de imagens Podcasts e as plataformas em que estão disponíveis

Podcasts e as plataformas em que estão disponíveis

Ações da UFPB atuam criando podcasts e alcançam novos públicos

A extensão está sempre em um processo de inovação para alcançar a comunidade, por isso é um espaço que acolhe rapidamente as novidades e o podcast é uma delas. Por ser em áudio, os podcasts podem ser consumidos em diversas situações (lavando a louça, no trabalho, antes de dormir ou até mesmo no meio daquele trânsito sem fim...) e os projetos da extensão universitária já estão explorando o recurso.

Quem busca podcast muitas vezes está interessado em aprender coisas novas de maneira informal e descontraída. Olhando para essa nova tendência, as extensões já lançaram alguns podcasts originais da Universidade, como o Senta que Lá Vem História, o Jornadas e o PodEx.

“Os episódios podem ser em formato de reportagem, entrevista, bate-papo ou gravações individuais em que são debatidos assuntos de interesse público. Aqui na UFPB e em outras universidades públicas do país, notamos um aumento na produção de podcasts como estratégias de ensino e, sobretudo, de extensão. Como extensão, o podcast é uma plataforma que ajuda no estreitamento das relações entre a universidade e a comunidade”, explica Emerson Lopes, apresentador do podcast PodEx, vinculado ao projeto Portal de Dados da Extensão.

Play na História

Logomarca do podcast Senta que lá vem história_Disponível no InstagramEnsinar história usando uma conversa simples e didática é a proposta do projeto Senta que Lá Vem História. O podcast surgiu de um trabalho do grupo de pesquisa, o UFPB Humanyzarte, que estuda metodologias do ensino de História e o uso de novas tecnologias, no qual a coordenadora do podcast, Priscilla Gontijo Leite, também estava a frente.

Como atividade acadêmica, os estudantes precisaram criar um plano de aula para ensino de História que envolvesse uma ferramenta tecnológica e, nesse cenário, o podcast foi escolhido por ser uma ferramenta que dialoga com as novas gerações. A coordenadora do projeto, que em 2020 transformou a idéia em um projeto de extensão, explica que é necessário dialogar com as pessoas mais jovens e, se eles estão conectados, os discentes de licenciatura em história também precisam atuar nessa esfera.

“As gerações atuais são altamente ligadas na tecnologia e na internet, principalmente no contexto pandêmico. Os estudantes de história e futuros professores sentem a necessidade de se conectar melhor com essa geração, saindo um pouco dos métodos tradicionais de aprendizado, tais como livro e caderno”, relata a coordenadora..

A Jornada da Extensão

Logomarca do podcast JornadasOs projetos Espaço Experimental e Web Rádio Porto do Capim juntaram-se para enfrentar o período pandêmico através do podcast Jornadas, que oferece ao público entrevistas e reportagens sobre as extensões desenvolvidas na Universidade e tem seus conteúdos publicados semanalmente.

Todo o processo de produção, desde o planejamento dos episódios, passando pela gravação até a edição e compartilhamento, é realizado remotamente, com cada membro da equipe fazendo sua parte em casa. Para Patrícia Monteiro, docente do Departamento de Jornalismo (CCTA/UFPB) e uma das coordenadoras do projeto, a realização do podcast além de ter sua função de divulgador de práticas universitárias, também mostra que a UFPB não parou durante a pandemia.

“Nosso objetivo é divulgar as ações, projetos de extensão e pesquisa, e diversas iniciativas da UFPB, a fim de que as pessoas saibam como a Universidade têm atuado e é, de fato, uma parceira da sociedade, uma fonte de conhecimento, de ensino, de pesquisa e, sobretudo, uma aliada das comunidades por meio da extensão universitária”, explica Patrícia Monteiro.

Extensionista Talita França editando áudio_Imagem cedida pela equipe

Segundo a coordenadora do projeto, a extensão tornou-se a voz e a presença da Universidade quando os contatos físicos foram suspensos, foi uma prática que esteve muito ativo durante a pandemia, por isso, é importante ressaltar sua variedade de áreas e práticas:

“A diversidade de áreas que os projetos contemplam demonstra a riqueza do que é produzido, tudo isso a serviço das pessoas. Ao unir professores/pesquisadores, alunos e técnicos, além de colaboradores externos, os projetos de extensão ampliam vozes, escutas e olhares e isso é fundamental numa sociedade democrática.”

Extensionista Heloísa Araújo elaborando roteiro_Imagem cedida pela equipePara Ângela Duarte, extensionista do projeto e estudante de Jornalismo, participar da produção de podcast representou o contato com uma nova área de interesse. Depois da experiência no podcast Jornadas, a estudante passou a ter o radiojornalismo como opção para atividade profissional e de psquisa.

“O maior impacto que eu sofri participando do Jornadas foi a mudança da minha escolha de carreira. Eu entrei no curso querendo viver de televisão, de assessoria de imprensa e entrando no podcast e conhecendo um pouco mais da rotina da voz, de fazer jornalismo com a voz, eu me vi apaixonada pelo rádio.”

 

O podcast da Extensão

Logomarca do podcast PodExO PodEx é mais um canal de diálogo entre a extensão e a comunidade. O apresentador, Emerson Lopes, explica que o objetivo é “tratar de assuntos pouco abordados, mas que são essenciais para reflexões e a construção de políticas nacionais e internacionais”.

O projeto pensado para temporadas de oito episódios trouxe na primeira questões sobre a necessidade de diálogo na extensão universitária e de difusão de políticas institucionais. A segunda debaterá a relação entre a extensão e políticas públicas, para isso, eles partem da ideia que as práticas devem estar associadas às políticas sociais desenvolvidas pelos governos locais, podendo gerar maiores impactos e grandes transformações.

Emerson Lopes explica que a equipe busca, além levar informação, criar novos espaços para a extensão. “Por meio dessa produção de conteúdo digital em formato de podcast, esperamos criar pontes para o desenvolvimento de ações de extensão nas mais diversas áreas de conhecimento levando em consideração os interesses de cada comunidade para assim compormos a extensão que eles querem e necessitam para a transformação de suas vidas.”

 Reportagem de Grace Vasconcelos (Bolsista PROEX 2020), editada por Comunicação PROEX